terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

No testemunho do mar...


Eu vi o teu rosto por todos os lugares
por onde andei, multiplicando...
E nas noites solitárias a beira mar,
vi o teu olhar no céu, em cada estrela
despontando...
Sentei na areia tantas vezes, sequiosa,
desejando-te namorar,
e me agraçava, com o teu sorriso alhures
no querer comigo estar...
Ah eu vi...
Eu vi milhões de corpos divagando,
todos parecidos com o teu
de traquejo inebriante, inspirando
dança junto ao meu...
A alegria, foi que em todos os semblantes,
eu via o teu rosto a me encantar,
e contigo na areia me envolvia, realizando
sonhos, no testemunho do mar...


Livinha