quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Palavras soltas...


Ah engano, quão difícil sois,
não sabes que nas noites,
todos os gatos são pardos? Então...
Não passe o carro na frente dos bois...
Não se engane por um farol ligado,
pode não ser uma moto,
mas um carro, com um dos dois apagado...
Te demoras ao sacrifício, de limpar
as tuas lentes, nesse teu jeito
impulsivo e reagente...
Olha a casa lá da frente, presta
bem sua atenção,
só vês o choro da tristeza, mas não
da alegre emoção?
Há vidas que vão embora, outras
que se demora e outras que chegam
ainda, entre almas coração...
Te vejo as vezes descrente,
pareces que ficas contente, na ilusão
que se crer...
Cuida dos teus pensamentos, pois
enganos justificam,
mas vislumbres julgamentos,
são falas de nada saber...


Lívi@petitto