domingo, 28 de novembro de 2010

Mãos unidas...


Uma pena só,
não voa!
Duas penas,
extensão...
Asas não ficam à toa!
Não há porto solidão...
Mãos unidas gentes boa
abertas, céus sobrevoam
juntas, fazem oração...


Lívi@petitto