domingo, 17 de outubro de 2010

Que eu te seja...



Olhos de ventura e sonhos,
levaste de mim o pensar
me deixando um lenço
para eu chorar...
Estou pedindo ao vento,
que na primeira chuva
que eu te seja um pingo,
para te molhar...
Que eu te seja a lembrança do
meu sentir, que eu te seja o sal
do meu olhar...
Que eu te seja vida, para você sorrir,
e jamais ser um adeus, para
os teus sonhos levar...
Eu, aqui estou por te lembrar,
te abraço e nos meus versos,
te incluo, quando nos anversos,
você também está...


Lívi@petitto