sábado, 25 de setembro de 2010

Palavras...


Palavras são letrinhas reunidas,
jorradas do imo como efeitos de vento,
de tal jeito impulsivas, que revelam
os pensamentos...
Assim, talvez na escrita, saem
mais calmas, traduzidas, com
força e discernimento...
Não é difícil escrever, no querer,
dizer o que sente...
Difícil é fazer-se explícita, para
apenas uma mente, quando
tantas outras lentes, fazem leituras
de repente...
Eu creio nos sentimentos,
quando engrenam o manuscrito,
na verdade o que mais temo,
é o interpretar dos escritos...
As palavras se balançam, se perdem
na expectativa, pontos e vírgulas
se confundem sendo vistas reticências...
E a gente chora a bendita, se não há
correspondência...
Palavras pra mim, são poemas...