sexta-feira, 9 de julho de 2010

Toque-me...


Por que palavras, se nesse meu
corpo, existem mistérios que dispensam
as minhas falas?
Deslize tuas mãos nas minhas curvas
delineadas, onde estão os pontos de
minhas sensações, os meus botões...
Eles que traduzem os meus sussurros
e mostram as letras das minhas
escrituras mais sagradas...
Toque com as pontas dos teus dedos,
na minha pele aveludada e
haverás de me deixar extasiada,
na pronta entrega dos teus desejos...
E depois, quando sentires despontar os
meus orvalhos, no aquecimento dos ímpetos
acelerados, estarei pronta para o vôo
contigo, ao paraíso dos meus anseios...


Lívi@petitto