quarta-feira, 19 de maio de 2010

Soletrando...


Sou um pouco disso tudo
o nome que assim me diz
sou [li]vre na travessia
sou Lívia pra ser feliz

Se me sinto passarinho
no [li]rismo dos meus versos
apascento o meu ninho
lhes a[li][via]ndo os confessos

Sou [li]bido de minha'lma,
no coração o profundo
[lí][vi]d[a] que eu nunca seja
na lividez deste mundo...

Ser Lí não é ser alí, nem acolá
ser é ser + VIA adjacente leal
caminheira de travessa rumo à
preferencial...

Silabo meu sobrenome
porque sobre estar acima
debulhando esse epíteto
abro de mim as cortinas...

Sou Duarte, dura arte!
Aperfeiçoo minha jornada,
Lacerda... Obstinadas cerdas!
No propósito de moldá-las...

Apetitto, por empréstimo,
por encontro d'outra alma,
o apreço apetecido
de alma gêmea, alma/alma...

Lívia Duarte de Lacerda Apetitto



(Livinha)