sexta-feira, 7 de maio de 2010

Impulsividade...


Oh, alma de mim,
vê se pára um pouco,
deixa dessas inquietudes,
esses gritos roucos,
deixa esse meu eu de nada
sem saber...
Estou cansada de reviver
os rebuscados loucos
nesse teu retroceder...
Tenta dormir vai, larga dessa
Impulsividade…
Amanhã você pensa, deixa pra lá!
sossega essa tua consciência
e deixa esse corpo descansar...



Lívi@petitto