sábado, 3 de abril de 2010

Minha oração...


Senhor,
que me jorre as tuas lágrimas, tão cristalinas nesse espirito meu. Que me jorre a tua luz sublime, me sendo a tocha direcionada aos caminhos teus. Que me jorre a tua palavra mais pura, direcionada ao amor, para que eu compreenda as amarguras da inquietude, dissipando meus queixumes, sentindo o doce da vida, esquecendo o dissabor.
Dar-me senhor, a capacidade do sentimento puro, a serenidade de ver e ouvir ainda que nos momentos escuros, uma voz a me chamar, um anjo amigo, que me acompanhe o caminhar e me ajude a compreender.
Dar-me Senhor essa força que todos julgam que tenho, mas que não creio, quando antevejo, não sei se por fragilidade ou medo, o presságio de perdas do até eu mesma me perder, quando n'alguns instante a descrença se instala no ser que sou, ainda tão vago e submisso as banalidades deste mundo... Que eu me descole, me dê ao despreendimento na compreensão de tuas leis tão preciosas, aceitando os acontecimentos que surgem, ainda que me pareçam fortuitos.
Por fim meu Deus, que eu me reconheça no potencial cabível em mim, que eu saiba me dar a oração constante da lembrança de minhas reformas íntimas. Que eu me disponibilize ao trabalho da igualdade, bem como sei ser o teu real desejo, desfazendo de minhas mazelas tão antigas do egoismo. Que eu seja sempre a ti agradecida à vida, a mim aplaudida como oportunidade merecida. Para que eu termine o meu percurso, livre das injustiças, fazendo jus a humildade em mim ainda adormecida, para que brote tão logo que eu me sinta leve, sem as presas do orgulho... E que a festa da glória, não seja apenas minha, mas de todos que compartilharam comigo a travessia, me ajudando a ser uma filha tua aprimorada, quando tão velha tinha incrustada em meu espírito, a sujeira dos erros um dia cometidos...
Que eu comece desde agora Senhor, a sair do meu comodismo, abrindo as cortinas do horizonte, observando tuas formulas escritas na tela que surge perante os olhos de minh'alma...

Assim me seja,
assim seja para você também
irmãos amigos.

Lívi@petitto