domingo, 31 de janeiro de 2010

Poesia...


Poesias são almas de poetas,
que dum canto qualquer manifesta
um amor que em si balança...

Dizem que poetas mentem,
mas quem o diz, deveras sente
o sentimento do poeta quando ama...

O que seria de mim se não fosse
os pensamentos, retrato desse meu
íntimo, nas asas do firmamento?
Eu não teria a quem entregar meus
juramentos, que mesmo transbordantes
no silêncio, ecoam entre sussurros
os meus tormentos...

O que seria de mim, se não fosse
esse corpo que habita a minh'alma
sede e fome que inebria e me acalma,
nas entranhas desse meu Eu,
que vida exala?

Sem os versos eu nada seria
e como as corujas,
dormiria no clarão do dia,
rasgando as noites com elas,
como poeta morta, na
deriva da poesia...

Sim, eu amo a poesia, que a mim
excita e aquece a alma...


Lívi@petitto