quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Manifestações...


A natureza faz o seu atesto,
grito de manifesto em toda sua expressão
fulgurante serpentina, caída dos altos no chão...
razão de metas incitas, idéias e faces sucintas,
d'um glorioso artesão...
Eis aspectos tão distintos, templos reais aludidos
aos olhos turvos da inflexão...
Lagartas, sois borboletas como pássaros, operetas,
símio curso, geração... mudanças um todo planeta,
eras retrógrada, falsetas, abalo sísmico de revelação...


Lívi@petitto