sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Graça & Glória

Para quem não conheceu a Graça
veja postagem: 04/set/2009.


Quantas noites não já deitei chorando,
por uma perda que na vida eu sofri,
noite passada, tudo foi bem diferente
sonhei com a Graça, me levando a sorrir...

De riso pronto e até escancarado,
no rebolado, descontraiu o meu afã,
e no confesso do seu jeito espontâneo
disse que tinha mais além uma irmã

Sentou ao meu lado, à beira de minha cama
narrou que a mana, era anjo, como se diz
que d'outro lado, ela muito lhe inspirava
fazer da vida, um jeito simples de ser feliz...

E toda prosa de supetão, puxou meu braço,
foi engraçado, fazendo em coro, o nosso riso,
e no arrastão, para um passeio divertido,
insinuou ser uma viagem ao paraíso...

Extasiei... um lindo lugar, uma Nova Era...
fulgente escada e logo acima, um altar
com emoção, apontou-me ser aquela
eterna vivenda que sua irmã faz a morada

Desejei saber afinal, quem era a Graça
descontraída no seu jeito tão amiúde,
-Sou alegria, esboço e forma, sou virtude,
e Glória, a intensa sabedoria, é plenitude...


Lívi@petitto