sábado, 19 de dezembro de 2009

Amigos, são Estrelas...


Batizei a noite como a hora do pensar, das viagens, das mudanças, dos remexidos interior e meio a esses pensamentos tão distante, adentrei a escuridão do céu e pensei: Sei que você continua azul, não muda, permanece sempre o mesmo, no seu tão raro feito de mudanças nunca! Ainda que o tempo feche, são apenas nuvens que te cobrem e você sempre azul, azul como os olhos divinos, sereno, belo e lindo..
Avistei as estrelas e pensei mais adiante que esses olhos azuis, olhos do divino, espelhados no azul celestino, contam com a presença dos amigos estrelas, nunca estão sozinhos... Lembrei que Deus na sua magnitude fez o mundo tão recheado de gente, quanto aquelas milhares de estrelas e me fiz ficar bem comigo, porque compreendi, que meus pensamentos confabulavam com um ser simplesmente santo a me mostrar o entendimento do comparativo. Amigos, são estrelas e podemos te-las todas ao nosso lado, em cada tempo em cada era, somatizando aos já somatizados. As estrelas mais notáveis, aquelas maiores e mais brilhantes, talvez sejam os parentes que são amigos também, aqueles que conhecemos bem... outras tantas, que vamos enxergando e sentindo que vão se aproximando, são os amigos que conhecemos pouco, mas com eles, vamos nos identificando e nos agraciando cada um no seu jeitinho belo de ser, que vem cada vez mais junto afagando o coração da gente e a gente no olhar de júbilo, dentro do peito fala em voz clemente: Fica comigo e agradece a Deus em oração. Além, a gente vê outras estrelas, pouquinho menores, e as vê como outros seres transeuntes, desconhecidos, que nos vê tanto quanto nossos olhos os vêem, a espera do momento oportuno que um dia, também chamaremos de amigo...
Esta força mágica, fortalece, acalma e nos faz sentir seguros para a travessia em marcha dos caminhos que julgamos tantas vezes escuros, mas que se aclaram quando em companhia de um amigo estrela. Somos luzes, podemos ver, perceber, sentir, mesmo fechando os olhos, pois que no combustível da alma, o fogo do sentimento puro, acende as tochas de nossas faculdades sensitivas e nos ilumina a caminhada...

Obrigada amigos, pelos laços da irmandade, as nossas estrelas crescem, quando nos sentimos como irmãos, nos laços da eternidade...

Feliz Natal, Feliz 2010!!!


Lívi@petitto