sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Um mundo clínico...


Foi em busca do Silêncio que encontrei Doutor Sigilo
e por íntima razão, apostei nele meus grilos...
me tratou como menina, como se nada Soubesse,
abrindo Suave cortina, expôs que a vida, é uma prece...
Fantástica tela se abriu, formosos Ss surgiram,
nas mais variadas cores, emoliente das dores,
mostrando Singelos caminhos...
Deixei de chorar, Suspirei... era tudo um
paraíso que estava a vislumbrar, Sorrir e já não
me Sentindo Sozinha, de olhos cerrados, me
dei a Sonhar...
as Sensações afloravam, acordando Sentimentos, no meu
Seio adormecido... por uma Saudade, quisera houvesse
esquecido, e não mais Sofrer...
eis que desponta a Sabedoria, a espantar a nostalgia,
dissipando o padecer, apagando as Sombras que enrugam
o Semblante, me colocando sob ação, sem o meu entristecer...
chamou em mim a Sensatez e dos meus Sentidos,
Sincronismo fez, para que se postassem a Serviço
dando a mim, Sustentação...
Mas, o mais interessante, em dado momento Sucinto,
dei um Salto em Sustenido, diante de minha Surpresa,
compreendi que a vida é Simples, em sua real beleza,
feita de renúncia e Sacrifício em toda sua extensão...
que o Silêncio, é um mundo clínico, de lenimento preciso,
para a Saúde da alma que busca Superação...


...................................................................................................