quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Desequilíbrios..


É a natureza que grita
na briga insensata do tempo
nas controversias do vento
que abala os sentimentos
Chove lá fora..

O sorriso se tranca sem demora,
abafando a alegria que chora,
chega a raiva na ousadia
empurra a calma lá fora
eis que ela se molha...

O orgulho empertigado,
cheio de pose, no salto,
esbafora, xinga e briga,
manifesta rancor alto

Acorda de pronto o egoísmo
próximo das negras lembranças,
que explodindo em fogo tirano,
dispara, alimentando a vingança..

e a paciência tranquila,
aguarda com fé a razão,
que chega serena e precisa
trazendo paz e união...

Lívi@petitto


...................................................................................................