terça-feira, 18 de agosto de 2009

Sou a infância...


Psiu, não faz barulho, sou parte
do tempo que ficou pra trás...
eu era ovelha, me desgarrei,
anos se foram, não voltam mais...

Eles chamaram, eu não quis ir,
me escondi, fiquei aqui...
Me procuraram, danei a rir,
mesmo largada, eu não morri

Me esqueceram? talvez, quem sabe?
mas outra metade, seguiu por fim,
sou a infancia, do inteiro, uma parte,
a outra parte, é a saudade em mim...


Lívi@petitto


...................................................................................................