domingo, 9 de agosto de 2009

Ser Pai, junto a você...


Teu sentimento chora, e faz com
que o meu chore também...
Grata a Deus, pelo pai que tenho,
enquanto sofro ao mesmo tempo
na falta de você, homem fabuloso,
quando um dia o tornei Pai, dos meus
rebentos...
És o mesmo doce Carlos, pessoa
que tanto amo, pois que até mesmo
nas ondas do universo, dás a
mostra da tua impulsividade, ao
saciar a tua sede, a tua fome,
na saudade que te invade, do
momento...
A tua conectividade, oxalá a Deus,
me sinto tão grata, quando na tua visita
a nossa casa.. teus sentimentos exalas
na grandeza do teu nome..
Hoje, neste teu dia, com maestria,
consagras a mim, congratulada faixa
de paternidade, transferindo tão intangível
feito, a minha posição de Mãe, em ser Pai
também...
A mim agradeces, por Pai, te-lo agraciado,
mas o feito, não seria de todo perfeito,
se Mãe, não houvesses me tornado...
O nosso amor não tem distancia,
quando juntos sempre estamos, pois
é sempre assim, que nos amamos...

Sim, nós somos Pai...

Lívi@petitto



...................................................................................................