sexta-feira, 17 de julho de 2009

Meu querer não é tudo, infelizmente...


Eu só queria que a poeira baixasse
e que tudo voltasse pro seu lugar,
Queria ver os doentes saudáveis,
e que os mortos retornassem, para
para a vida encantar...
Queria que as nuvens dissipassem,
mostrando o sol a brilhar,
queria ver as crianças felizes,
por haverem encontrado um lar...

Queria que fosse embora a entriga
pra não mais voltar,
que as flores brotassem, crescessem
pra não mais murchar,
que o ódio se apaixonasse, e um amor,
encontrasse
e a inveja feliz, grata pelo que tem,
sem a cobiça dos valores de outrem..

Queria que houvesse a Paz na terra,
que não mais se falasse em guerra
e a esperança manifestar,
que a desigualdade se extinguisse,
que o mundo se harmonizasse,
da alegria, da fraternidade e se
propusesse a perdoar..

Ah, como eu queria, que fosse noite
ou fosse dia, num coro unico,
de sintonia, um grito de louvor,
fizesse o mundo gritar:
Obrigado Senhor!!



Livinh@__


...................................................................................................