quarta-feira, 22 de julho de 2009

Horas vazias..


Sinto quando estou com
o todo dentro do nada,
quando me sinto vazia,
sozinha, ensimesmada.

É um mundo que me burila,
completo de indagações,
pairado nas reticências,
mexido nas emoções...

Das horas interiorada,
presa dentro de mim,
viagens e mil retornos,
não sei do porque assim...

Me perco, e nunca me acho
onde estou ou até quem sou
serei isto ou mesmo aquilo,
nada sei, somente dor

Inscontancias permanentes,
insanidade ou demência,
perdida no contratempo,
estou de fora, sou ausência...

Me chamam, sequer eu ouço,
reclamam dos meus destroços,
esses pelo qual, eu tanto velo,
e ninguém me tira desse poço...



Livinh@__


...................................................................................................