terça-feira, 12 de maio de 2009

Desabafos...


Outrora me julgava tão valente,
audaciosa, atrevida e tão contente,
hoje temerosa, fragilizada e triste
desprotegida, pois o medo existe...

Um tempo, que a mim aponta alternativas,
conselheiro no silencio, me assiste,
me leva em seus passeios, a divagar,
teimo em não enxergar, e o descrer persiste

E volto lá, num passado bem remoto,
melhor, será que volto ou vivo por lá?
eu sei, eu sei o que se passa comigo,
mas finjo dormir, pra não mais acordar..

Dizem que a vida, é caixinha de surpresa,
entendo que surpresas são coisas boas e não ruins
diacho! eu vivia da alegria e bebia da felicidade,
veio o vento, levou tudo e me fez triste assim...

Do que me vale pensar, se não alcanço o vôo,
nem pegando carona, nas asas do passarinho,
eu tento, corro, perco o embalo, corro de novo,
e me pego presa ainda, nas amarras do meu ninho...



Livinh@__
03:04hrs