quarta-feira, 30 de abril de 2008

Entre linhas...


Um recanto somente seu
é o que tantos como nós desejamos
aqueles em que nos fazemos confidentes
de nossas alegrias, tristezas e desenganos
Quisera eu ter o mar só pra mim....
Seria egoísmo, individualismo
qualquer coisa assim?
não sei,
é apenas o desejo de um lugar,
onde eu pudesse sair um pouco de mim

Fica com Deus minha amiga
obrigada por dividir comigo
o pedacinho do mar, que
cobriste com o teu véu
e que eu o chamo de céu....



(Trocadilho em Orkut desenvolvida
com amiga Ysolda Cabral, pessoa
que aprendi a estimar face as
afinidades e pensamentos em comum
dividindo os mesmos interesses:
"Poemas e Poesias, versos e prosas"
Obrigada minha querida irmã, pela
sua presença amiga em minha vida)

(livinha,30/Abril/2008)

Cavalgando....


[:)]

Deixarei que me leve
sobre o seu trotar
meu cavalo explosão
que segue a luz do luar...

No silencio da noite
onde minhas lembranças
sonorizam-me altivas
em regozija bonança

Só tu bela noite
sabe de tantos segredos
pois as estrelas que brilham
testemunharam meus medos

Da saudade que me invade
comungas meus pensamentos...
na imponência do "explosão"
levando sentidos ao vento...

..."Vou cavalgar por toda a noite"

(Livinha,29/Abril/2008)

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Café da Manhã


Bom Dia!!!

O café tá na mesa

feito por dona Maria

Pão fresquinho

nada feito em padaria

Também tem broa de milho

Suco da laranja, tirada lá do Pomar

bolachinhas e sequilhos

pro teu dia adoçar...

Sinta o cheiro que levanta

desse bolo de Fubá

que até os passaros alegram

na Janela a cantar

Quanta harmonia

no sítio de dna Maria

do começo ao fim do dia

ela está a trabalhar...

Ali está o gato que mia

e o cachorro a festejar

a vaquinha que murge,

e o cavalo a relinchar

Tudo parece uma festa

de Paz neste lugar

a natureza agradece

o sol por nela deitar

Mais adiante os patos

na lagoa a nadar

e o reflexo das águas

faz a vista ofuscar

É tudo rara beleza

até do fogão à lenha

pois da fumaça que sai

no espaço se desenha...

Tudo o que você quiser

aqui se faz alegria

a natureza manifesta-se

e te saúda, Bom Dia!!!...

(Livinha,27/Abril/2008)

domingo, 27 de abril de 2008

Livinha...


Liberdade é o meu grito quando me sinto

Invicta às tiranias da

Vida. E me apego a sonhos e

Ilusões porque só assim, posso me entregar ao amor, esse

Naturalmente, que busco no

Hoje, no viver pleno do

Amanhã que está por vir...



Paz!


(Livinha,27/Abril/2008)

Deus...


Deus,

Chegada a hora de meu recolhimento...
Agradecida me deito em oração.
Entrego-me aos braços teus refazendo-me
para mais um dia sob tua proteção

Sim meu Deus, pelas horas desse dia
em que por algum momento fraquejei
mas que pela guarda de meu anjo,
não me disvirtuei....

Por sentir a tua presença amiga
dado alguns momentos que chorei
e pude sentir o teu abraço
quando em prece te busquei...

Obrigada Senhor qdo muito lamentei
pela ansiedade de um capricho meu
mas que me fizeste olhar pra trás
e perceber o quanto me favoreceu

Pelas dores que não sub suportar
das vezes que me coloquei a reclamar
e pelo exemplo que me deste
do compreender e abdicar

Que me seja o dia seguinte
de Paz, luz e tranquilidade
que me faça sempre ouvinte,
do teu amor em verdade...

Que minh'alma descanse
nesta viagem encantada
qdo saio de mim a sonhar
no infinito, enlevada....


Obrigada Senhor

Assim Seja!


(Livinha,26/Abril/2008)




sexta-feira, 25 de abril de 2008

Onde está o Amor?

Procura-se o matador!!!

Fala-se

Amor - Assassinado
Amor - Roubado
Amor - Traidor

e

Por aí se vê...

Amor - Enganado
Solidão - Angustiado
Em corações - Sofredor

Kd o nosso Cupido?

morreu? Foi Escondido?
Por um mundo desalmado, insensível,
deixando a tantos no frio, desolado,
excluído e sem amor.....
Vamos Amar!?

"Amar ao Próximo como a nós mesmos!"




(livinha,25/Abril/2008)

Voando....

Sonho meu
querer voar
como gaivotas livres
no espaço a bailar...

ah quem dera poder voar
nada me seguraria
voaria no mais recôndito infinito
serelepando em revelia

Voaria de norte a sul
buscando amores mil
esses por quem me afeiçoei
em minha pátria, Brasil

Da liberdade sonhada
este céu todo a riscar
traçando curvas e retas
nomes queridos grafar...

e nos dias matutino
em cada janela eu iria
como pássaro peregrino
cantarolar o seu dia....

Sim, vamos voar
o sonho não é em vão
a gente deve, a gente pode
alçar vôo na imaginação....

(Livinha,23/Abril/2008)

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Ave da Noite


Bela Coruja, admiro tanto
a beleza que vc tem....
Trazes o mistério da noite
e até quem sabe, do além...

Te vejo tão linda
ereta em tua eloquência
no olhar sabedoria,
persuasiva, expressiva
convicência.....


(Livinha, 20/04/2008)

champangne....


Hoje pensei em beber

mas não sozinha

então pq não convidar você

pra fazer essa horinha?


Semana do amigo

pra esquecer compromisso

que tal uma champangne?

um rolé e um sumiço...


É, isso mesmo!!!

mandar tristeza embora

botar em dia as fofocas

na onda do bota fora


A gente rir e comemora

a doce infancia, adolescência

daquelas intrigas e das paqueras

tempo bom de convivência


e daquela professora

coitada que paciência...

tiravamos ela do sério

e toma advertência!


Quer outra? toma mais!

temos toda a noite pra beber

tamo aqui pra festejar

amanhã, hic! nós bebe mais hic!

pra esquecer...

Ei,

Eu adoro você!!!!


(Livinha,19/04/2008)

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Obrigado Senhor!


Bom Dia meu Pai do céu
acolha-me em teus braços
cobrindo-me com teu véu
protegendo meus retraços...
Que eu não perca minha Fé
nem ignore os desafios
que eu abrace a quem tiver
carente de amor e frio
Dai-me a consciência plena
sabendo distinguir a razão
assim, calma e serena
com a força da superação
Que em tudo eu possa ver
a tua presença amiga
que me faça ensurdecer
a toda e qualquer entriga
Por fim, de agradeço a vida
aqui e do lado de lá
quando nos torna redimida
das leis a nos facultar
Por nos tornar teus herdeiros
da Paz, filha do amor
no viver belo e fagueiro,
Pelo Bom dia,

Obrigado Senhor!

(Livinha,16/Abril/2008)




Menina/Mulher


Vou pintar minhas unhinhas
igualzinho arco-íris
uma de cada cor
pra realçar o amor
E eu vou pintar
na cor de rosa
pra ficar bela e formosa...
Meninas, tão cedo desponta
a suavidade da flor
na querença que se apronta
de mostrar o seu valor
Da silhueta, a fragância
em seu perfil delicado
num olhar a esperança,
de um destino adornado
Mulher exuberância
Fino trato em louvor
trás o cheiro de essência
num coração sonhador
Tem na alma a beleza
E forte intuição
o poder em realeza,
eternamente canção...
Mulher...

(Livinha,15/Abril/2008)

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Gato Eu?


Ei, você!!!!
é.... você mesmo!!!
Hoje não tô pra brincadeira não....
e não me chame de gato
porque ainda não sou não,
sou um leve bichaninho
arisco, sem perfeição...
Dizem que sou desordeiro,
independente....
mas me fizeram assim descontente
e até mesmo ladrão...
assim, bem diferente
do traste, do mundo cão...
Se pego uma gata pra valer
ela grita, mas se não for assim
entro em extinção...
dá pra entender, ou não?
sou mal visto
mas pra falar do homem bonito
usam meu nome no aumentativo
chamando-os de gatão...
Tá certo isto?
Sou da minoria
por isto que persisto
em caminhar sozinho....
hãm! independente....
é o que fala essa gente
que não sabe, nada sente...
Mas vmos deixar de conversa
já perdi meu tempo à bessa
Me passe uma lata de sardinha aí
vaí, se não....
Miauuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!!



Livinha/Abril/2008

Pra você Janine, com o meu especial

carinho...

Bjs mamis


Desânimo


...Êta desânimo danado
que fica assim do meu lado
só pra me machucar
As vezes tbém me chega
malandro pra me provocar
e tenho vontade de sumir
ou talvez dormir
só pra não reparar....
Quanta inconstancia
que vem assim me consumir
hora balança,
hora vem pra sacudir
Mas como diz Drumond

Êta vida Besta meu Deus!!!

Livinha, 14/Abril/2008

Seja Bem vindo!




Ei, você!
Seja bem vindo
aqui em meu recanto.
Sinta o meu recinto
como mostra o teu canto...
Haverão dias que estarei chorando,
como chuvas de verão
mas que passará
e, junto com o sol
virá o meu cantar...
bem como dias de agonia
na vida, no cotidiano
de nós, seres humanos,
que busca a esperança
assim como criança,
em um novo despertar....




(Livinha,13/Abril/2008)

Encontro


Encontro....
Sangue de Jesus tem poder

é o ditado popular

mas si faz por merecer

qdo a Fé vem se instalar


Quem sabe eu não estive

em outra esfera terrestre

acreditei ser possível

entregando-me em prece


Da viagem o encontro

muito me fortaleceu

os anjos me receberam

num outro plano, de Deus


E do pranto se fez calma

e do choro se fez riso

o lenimento da alma

foi sereno, foi conciso...


e neste vôo tão breve

de paz e serenidade

retornei ultra-leve

em Paz com minha saudade...


Amanheci sorrindo

de paz interior

pensando: que dia lindo!

agradecida em louvor...


Livinha, 03/abril/2008

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Você comigo


Como é bom poder sentir

Você aqui, de pé,

ao meu lado

a recortar comigo

pequenos pedaços da vida

que mal ficou costurado...


São emendas impossíveis

que não se ajustam

e o tempo não molda

no acabamento das bordas

deixados por terminar...


é meio complicado, difícil

de compreender, mas

uma prega aqui e ali

fica como alinhavado

sem dar conta de cerzir


como um quebra cabeça

que sem as pontas de encaixe

não se dar por imprimir

e fica assim tão disforme

que sem vida, ver-se morte

querendo a mim sucumbi


vmos jogar pedrinhas n'água?

e fazer nossos pedidos,

assim, mesmo sem crer,

que tudo pode muda...

ou talvez gargalhar

ainda que sem sentido

pra mostrar que a gente

rir da cara do perigo...


e logo a vida vai sorrir

meio que de repente talvez,

nos apontando as rendas

pra tapar àquele buraco,

agora tão enfeitado,

que neste quebra cabeça

não haverá emaranhado

que não se dê encaixado

nos pedaços que agora,

já não será mais costurado...


Livinha,10/Abril/2008

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Na minha Estação


Na minha estação

vou seguindo

serena indo,

na minha estação....


Vivendo meu Outono

qual folhas secas caídas ao chão

de um vento que me sopra

despindo minha ilusão....


Deixando-me exposta ao frio

dum Inverno ameaçador

hibernando, sem abrigo,

sem o aconchego do amor


Sonhando o verde Esperançada

Primavera brilhar

nas cores vivas das flores

das lágrimas a enxugar...


Mais adiante o verão

o que será, que será

no semi nu o gingado

para o sol vir bronzear...


e vou prosseguindo

na minha estação

confiando, indo...


Livinha,09/Abril/2008

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Saindo de mim...


Qdo tdo parece perdido

confuso, sem alma...

rebusco os meus sentidos

na paz que me acalma.


Escolho um canto tranquilo,

encontro a brisa mansa

soltando-me, tiro um cochilo

relaxo, o corpo descansa...


Visão, fechada ao externo

cerrando os olhos, clarão

morrendo, mesmo desperto

viva, em pulsação...


Audição do presente, ausente

ligada a uma estação

ouvindo o pensamento

na vóz do meu coração


Do olfato o transporte

a um ambiente de flores

sentindo cheiro de relva

na brisa de meus valores


Do tato, os dedos entre eles

massageando entre si, em mim

limpando de si os reles

sentindo leveza enfim


No Paladar, meu sabor

em delícia absorver

o gosto do meu frescor

exaurido do meu ser


E nesta viagem linda

soltando-me das amarras

sinto à veia Divina

arrebentar minhas travas...


Levito então sem demora

livre, em meu universo

quão criança fui, outrora

na magia do meus versos


Assim então desprendida

do meu corpo jaz dormindo

sinto minh'alma redimida

do então sentidos indo...


(Lívinha,02/abril/2008)

terça-feira, 1 de abril de 2008

Lágrimas


As lágrimas que descem no rosto...

não são de descepção,

são lágrimas que vindas à gosto

do que me promove emoção


Se me bate uma saudade

das horas de minhas lembranças

é sentimento que mostro

em minh'alma de criança...


Se necessito de colo

para o pranto aliviar

encosto a minha cabeça

Jesus me afagará...


Peço a ele em minha Fé

pela dor que me conduz

pois que ele em nazaré

fez cegos enxergar luz...


Não desanimo, confio

em toda essa graça Divina

peço a Deus por meus afetos

que a todos, ilumina...


Que Deus me abençoe o sono

me promovendo encontros

haverei de encontrar o amor

nos braços de nosso Senhor....


Amanhã ao levantar

sentirei a alegria,

com a brisa me soprando

gritarei ao sol: Bom Dia!!!!


(livinha,01/Abril/2008)